José Rechuan, o prefeito que colocou Resende (RJ) no mapa dos eventos esportivos do Brasil

Nelson Mandela certa vez disse que o esporte tem o poder de mudar o mundo. E é verdade.

O esporte tem a capacidade de mobilizar as pessoas e é uma importante ferramenta de transformação social.

Através do esporte, crianças, jovens e adultos encontram propósito e um caminho para a realização pessoal.

Porém, mesmo com os benefícios do esporte amplamente reconhecidos, os investimentos na área ainda ainda são diminutos, especialmente nas categorias de base.

Foi com o intuito de mudar essa realidade que o médico José Rechuan reforçou os incentivos ao esporte durante sua gestão como prefeito de Resende, no Rio de Janeiro, entre 2009 e 2016.

Foto Divulgação

O município, reconhecido no estado por sua vocação industrial, tem os setores metal-mecânico e químico-farmacêutico como principais destaques econômicos.

Como prefeito, José Rechuan contribuiu para que os eventos esportivos também entrassem para o rol de atividades que movimentam a economia resendense.

Para isso, os esforços da gestão foram direcionados em duas vertentes: o fomento da agenda esportiva do município e a divulgação massiva dos benefícios da Lei de Incentivo ao Esporte para as micro e pequenas empresas.

Quando o esporte ganha, todos ganham

O objetivo audacioso de colocar Resende no mapa dos eventos esportivos do Brasil foi conquistado com o esforço coletivo de toda a comunidade.

Quando as competições começaram a ganhar força na cidade, todos os setores perceberam as mudanças que estavam acontecendo.

A rede hoteleira, por exemplo, ganhou com o aumento na ocupação diária de hotéis e pousadas durante a realização dos eventos esportivos.

O comércio, até então preso as datas tradicionais do setor, viu suas vendas dispararem com o vai e vem de atletas no município.

Foto Divulgação

Em 2013, a administração estimou que a cada evento, a média de gastos na cidade, apenas com hospedagem e alimentação, era de R$ 700 por pessoa.

Apenas naquele ano, mais de 50 eventos esportivos foram realizados no município, o que possibilita um vislumbre do quanto a cidade foi beneficiada com as novas políticas.

Desde então, os investimentos no esporte têm gerado frutos na economia, com o fortalecimento de pequenos negócios e a geração de empregos, no social, com a aproximação da população das práticas esportivas, e em muitos outros setores.

Destaque internacional

O trabalho de Rechuan com o esporte em Resende foi reconhecido até mesmo no exterior.

Em 2014, ele foi convidado para participar de uma comitiva de brasileiros que viajou até a Austrália para participar de um evento sobre estratégias de apoio aos pequenos negócios.

Durante a viagem, o ex-prefeito visitou o Sidney Olympic Park e conheceu o legado deixado pelas Olimpíadas realizadas em 2000.

As Olimpíadas, aliás, sempre foram uma das inspirações de Rechuan para os projetos executados na cidade fluminense.

Quem é José Rechuan

José Rechuan Junior nasceu em 1970.

Médico, ele foi diretor do Hospital Municipal de Emergência. Seu primeiro mandato como prefeito de Resende teve início em 2009.

Foto Divulgação

Em 2012, ele foi reeleito para o cargo, permanecendo como chefe do executivo até 2016.

Rechuan é casado com Ana Paula Marques e tem dois filhos.

Artigos Relacionados

Como o prefeito Vantoil Martins quer tornar Iguaba Grande (RJ) uma cidade forte no turismo

Repleta de atrativos e belezas naturais a cidade de Iguaba Grande...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Gestão e Tecnologia

Mantenha contato

Siga nosso Instagram