Inovador: Prefeito André Português implanta terapia com cães em Miguel Pereira (RJ)

Garantir a saúde dos munícipes é uma das prioridades do governo do prefeito André Português, da cidade de Miguel Pereira no Rio de Janeiro. Desde o início de seu mandato, ele vem inovando em técnicas para abordagem terapêutica na saúde municipal, sendo um exemplo para governos Brasil afora.

A nova técnica implantada, a Cinoterapia utiliza cães como co-terapeutas durante os atendimentos, acompanhados por uma equipe multidisciplinar – das áreas da saúde e educação. Através do contato com o cão, reforça, estimula e facilita a reabilitação e reeducação global de pessoas com necessidades especiais.

O cão, assim como outros animais, ajuda a incorporar várias das atividades humanas da saúde física e emocional ao aprendizado intelectual e motor. Com esta terapia, a pessoa terá uma melhora no aspecto social ao meio em que vive e desenvolvimento integral.

A grande vantagem da cinoterapia é o tipo de estímulo dado ao paciente. Com os cães, é possível fazer com que as crianças e os idosos realizem os movimentos que haviam sido perdidos ou trabalhar situações emocionais e afetivas. O tratamento tem muitos aspectos de benefício aos pacientes, que comprovadamente têm uma considerável melhora na qualidade de vida.

“Estamos sempre buscando técnicas e melhorias para que toda a população tenha condições de ter uma saúde de qualidade, tecnologia e inovação. Técnicas terapêuticas possuem resultados comprovados e vamos trabalhar também em outros locais com a cinoterapia, promovendo ainda mais o bem-estar”, disse o prefeito durante o lançamento do programa.

O primeiro local a ter recebido o novo projeto – e que agora tem um cronograma semanal, é a Apae, em 2019. A visita para  utilização da terapia é feita pelo Grupamento de Cães da Guarda Municipal e pela Secretaria Municipal de Segurança e Defesa Civil, de forma voluntária.

Os cães co-terapeutas seguem padrões internacionais estipulados por profissionais de saúde, como serem saudáveis, altamente treinados, que obedecem aos comandos e trabalham em prol da sociedade.

A ação permanecerá à disposição da unidade, sem nenhum custo. 

Vida pública de André

Andre Pinto de Afonseca, natural do Rio de Janeiro, mais conhecido como André Português tem 45 anos e atua como prefeito da cidade de Miguel Pereira, em seu primeiro mandato. Foi eleito em 2016, com 7.465 votos, o que corresponde a 62,96% dos votos válidos. O segundo colocado foi Thalles Barreiros, do PMDB, com 2.580 (21,76%).

No ano de 2012 ele tentou a eleição, quando era filiado ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), mas não foi eleito garantindo apenas 4,8 mil votos (27,91%).

Prefeito André Português durante entrega de 500 óculos do projeto Novo Olhar, em 2017. Foto Divulgação

Durante seu mandato realizou o lançamento de diversos projetos voltados à comunidade e entrega de áreas públicas. Entre elas espaços de lazer, como a do bairro São Judas Tadeu, que agora tem playground para as crianças, academia ao ar livre, mesas e bancos, plantio de grama e árvores. 

As obras foram feitas em um terreno abandonado e era utilizado para o descarte de entulhos e lixo. A entrega aconteceu em outubro de 2019.

A cidade de Miguel Pereira

Localizada no centro-sul fluminense, a cidade de Miguel Pereira se encontra a 618 metros acima do nível do mar. Sua população, segundo última estimativa do IBGE, gira em torno de 25,5 mil habitantes, e conta com um território de 287,933 km².

Apesar de ser considerada uma cidade pequena, sua grandeza se explica na história. Primeiramente povoadas por índios, as terras de Miguel Pereira foram exploradas por europeus. Mas o desenvolvimento da região se deu através das lavouras de produção de açúcar e, mais tarde, de café, expandindo no início do século 19.

Apesar das lavouras, somente a partir da construção da capela do Santo Antônio em 1898 é que houve desenvolvimento urbano. Os colonos de Estiva passam a erguer suas casas humildes e a formar um comércio incipiente em um núcleo urbano, incentivando, dessa maneira, a chegada de novos moradores para o lugar.

Entre os principais pontos turísticos estão o Lago Javary, belíssimo e ideal para passear de pedalinhos, o Parque Municipal de Miguel Pereira e o Mirante da Serra.

Foto Trip Advisor

Ainda em seu território, no interior da Reserva Biológica do Tinguá, se encontram completamente abandonadas as ruínas de pedra da igreja de Santana das Palmeiras, construída por Francisco Peixoto de Lacerda Werneck, segundo barão do Paty do Alferes. Esse núcleo urbano, antes florescente, foi abandonado no início do século XX.

Artigos Relacionados

Como o prefeito Vantoil Martins quer tornar Iguaba Grande (RJ) uma cidade forte no turismo

Repleta de atrativos e belezas naturais a cidade de Iguaba Grande...

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Gestão e Tecnologia

Mantenha contato

Siga nosso Instagram